Offshore

Beerenberg obtém um contrato de manutenção de 7 anos com a Statoil

A Statoil concedeu ao seu compatriota Beerenberg um contrato de manutenção e modificação de sete anos para trabalhar na fábrica de Tjeldbergodden na Noruega, que recebe gás do campo offshore de Heidrun. 

Beerenberg disse na sexta-feira que o valor do contrato foi estimado em NOK 200 milhões (US $ 24,6 milhões).

O contrato é para a ISO e outros serviços adjacentes nas instalações e incluirão trabalhos gerais de manutenção, auditoria e grandes projetos de manutenção planejada. O trabalho começa em 1º de janeiro de 2018.

A fábrica industrial de Tjeldbergodden em Nordmøre compreende três plantas; uma planta de metanol, um terminal de recepção de gás e uma planta de separação de ar.

A instalação processa o gás do campo offshore de Heidrun, que é transportado para Tjeldbergodden através do oleoduto Haltenpipe de 250 km e 16 km. O campo fica no Banco Halten no Mar da Noruega. Foi desenvolvido com uma plataforma de perna de tensão com concreto concreto (TLP) e está em andamento desde 1995.

A usina de metanol é a maior da Europa, com uma capacidade de 900 mil toneladas de metanol por ano. Os volumes da instalação representam mais de 25% da produção européia total de metanol e 10% do consumo.

A participação da Statoil na planta é de 82,01 por cento, enquanto a ConocoPhillips Skandinavia possui 17,99%.

++ Confira o Boletim Diário com oportunidades de emprego na editoria de chances de trabalho offshore. Para ter acesso basta visitar a página de vagas de emprego, aqui.

Voltar ao Topo
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com