Óleo e Gás

Chevron indica geólogo para dirigir as operações do Brasil

Chevron Corp nomeou Mariano Vela, um geólogo com 20 anos de experiência no óleo US grande, para supervisionar suas operações no Brasil, a empresa disse na quinta-feira, à medida que expande no maior produtor da América Latina.

Uma carta vista na quinta-feira e assinada pelo ex-gerente do Brasil, Javier La Rosa, em 19 de junho, disse que Vela tomaria as rédeas no Brasil no início de julho. Em uma declaração por e-mail, a Chevron confirmou a nomeação da Vela.

A Chevron, que teve receita global de US $ 135 bilhões em 2017, vem aumentando sua presença no Brasil. Em um consórcio com a Petróleo Brasileiro SA e a Royal Dutch Shell Plc, ela conquistou seu primeiro bloco no cobiçado petróleo offshore do Brasil no mês passado.

companhias petrolíferas mais importantes do mundo gastaram bilhões nos últimos meses em meio a crescentes preços do petróleo e as reservas encolhidas para bloquear o acesso à área promissora, onde bilhões de barris de petróleo estão presos sob uma espessa camada de sal abaixo do fundo do oceano.

Vela ingressou na Chevron em 1998 e estudou geologia na Argentina e nos Estados Unidos, disse a Chevron. O perfil de Vela no LinkedIn diz que ele é o Patrocinador da Global Earth Science da Chevron, baseado em Houston, Texas.

La Rosa foi transferida para a Venezuela como gerente nacional em junho após dois anos no Brasil, após a detenção de dois executivos da Chevron na Venezuela por meses.

La Rosa escreveu na carta, endereçada a um destinatário de fora da empresa que não quis ser identificado, que seu mandato marcou “um período de importante reestruturação e crescimento de nosso setor”.

“Estamos muito entusiasmados com os cinco novos blocos que acabamos de adquirir nas duas últimas licitações”, acrescentou.

Voltar ao Topo
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com