Energia

Eni lança seu primeiro projeto eólico global em larga escala

A petrolífera italiana Eni sancionou o seu primeiro desenvolvimento de energia eólica em grande escala no exterior, tomando uma decisão final de investimento (FID) para construir / operar um parque eólico em terra no Cazaquistão, informou a Kallanish Energy .

A fazenda de 50 megawatts (MW) Badamsha será localizada no Oblast de Aktobe, na parte noroeste do país. A construção começará “nos próximos meses” e a operação comercial está prevista para o final de 2019.

“O projeto Badamsha representa a primeira etapa importante do Memorando de Entendimento assinado entre Eni, General Electric (GE) e o ministro da Energia, Kanat Bozumbayev, para promover o desenvolvimento de projetos de energia renovável no Cazaquistão”, disse Eni na terça-feira.

O investimento não divulgado é parte do CAPEX de € 1,2 bilhão (US $ 1,4 bilhão) para renováveis ​​nos próximos quatro anos.

As operações de petróleo e gás da Eni no Cazaquistão incluem a operação conjunta do campo de Karachaganak e os interesses em vários projetos no norte do Mar Cáspio, como o gigantesco campo de Kashagan.

Em 2018, a Eni tornou-se operadora conjunta no bloco de exploração Isatay, com a empresa nacional KMG.

Voltar ao Topo