Mineração

Equinox Gold diz que projeto de ouro do Brasil segue a todo vapor

O projeto de ouro da Aurizona que a canadense Junior Equinox Gold está construindo no Brasil ultrapassou a marca da metade, com o projeto total agora com 55% de conclusão e as atividades de engenharia, aquisição e gerenciamento de construção de cerca de 70% concluídas.

Em uma atualização do projeto na quinta-feira, a Equinox, com sede em Vancouver, disse que a construção estava seguindo o cronograma para o primeiro derramamento de ouro ocorrer antes do final deste ano.

A Equinox, que está gastando US $ 146 milhões na nova mina no Maranhão, espera produzir uma média de 136 mil onças / ano de ouro da Aurizona.

A empresa informou que as fundações e os pedestais de concreto para o SAG e moinhos de bolas estavam completos e prontos para a instalação da fábrica, que começaria no final do mês. O trabalho concreto estava em andamento na área de descarga, 90% concluído nas áreas de lixiviação e espessamento e 50% concluído na área do britador.

A Equinox afirmou que a montagem do aço estrutural na área de moagem tinha começado e acrescentou que o tanque de espessamento estava 90% completo. A reforma do circuito de carbono em polpa existente e os tanques de desintoxicação também estavam concluídos e a reforma de outros equipamentos, como bombas, agitadores, telas e motores, estava 90% concluída.

Todos os principais contratos foram adjudicados, incluindo o contrato de fornecimento de combustível de mineração e o contrato de construção para instalação elétrica e de instrumentação.

“A aquisição geral de equipamentos e materiais está 70% concluída, todos os principais pedidos de compra foram concedidos e a maioria dos equipamentos terá sido entregue ao local até o final de agosto. Mais de 80% do previsto 1 230 t de aço estrutural está no local ”, informou a empresa.

Além do projeto Aurizona, a Equinox tem um estudo de pré-viabilidade em andamento no projeto Castle Mountain, na Califórnia, com o objetivo de reiniciar a produção.

Voltar ao Topo