Empregos

Estaleiro Jurong Aracruz (EJA) receberá embarcações maiores

O Estaleiro Jurong Aracruz (EJA) teve a profundidade do porto ampliada e agora está habilitado para receber embarcações maiores em seu cais. A mudança também possibilita que o estaleiro participe de projetos para reparos em navios de grande porte e preste serviços para empresas nacionais e internacionais.

Após as obras de dragagem realizadas em 2015, a profundidade do porto passou para 16 metros. As novas medidas foram homologadas pelo Centro de Hidrografia da Marinha (CHM).

“Essa homologação é um passo importante para atrair novos investimentos para o Espírito Santo, principalmente porque abre portas para oportunidades no mercado mundial”, destacou o secretário de Estado de Desenvolvimento, José Eduardo Azevedo.

O presidente do Estaleiro Jurong Aracruz, Altaf Hossain, ressaltou que a homologação foi resultado de um esforço conjunto do governo do Estado, da Marinha do Brasil e da equipe do EJA.
“Agradecemos todo o apoio que tivemos das autoridades do Estado e do governo federal, que não mediram esforços para nos ajudar a superar esse desafio. Com essa decisão do CHM, o EJA está preparado para atender a demanda de reparos de embarcações de grande porte, podendo atrair novos negócios para o nosso estaleiro e para o Espírito Santo”, afirmou.

Na próxima semana, o governador Paulo Hartung irá para Cingapura. Na pauta da viagem estará a atração de novos investimentos para o Estado, na área naval.

Histórico

O Estaleiro Jurong Aracruz (EJA) chegou ao Espírito Santo em 2008. Com o avanço da exploração do petróleo na camada pré-sal, as expectativas de investimentos em infraestrutura naval tornaram necessária a criação de um estaleiro apropriado para suprir as demandas dessa indústria.

Fonte: A Gazeta

Voltar ao Topo