Petróleo

EUA decretam novas sanções contra Rússia, China e Europa por importação de petróleo iraniano

O departamento do Tesouro dos EUA pretende aplicar sanções contra a Rússia e a China, bem como contra alguns países europeus, pela importação de petróleo do Irã, informou o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, durante audiência do comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos Representantes norte-americana.

“Pretendemos aplicar sanções contra eles [China], bem como contra a Rússia, Europa e outros, em função do petróleo iraniano”, explicou o alto funcionário ao ser consultado por parlamentares sobre possíveis retaliações a Pequim pela compra de hidrocarbonetos de Teerã.

Nesta terça-feira, o vice-presidente iraniano, Eshaq Jahangiri, afirmou que o Irã “vai vender tanto petróleo quanto puder” apesar dos esforços dos EUA de reduzir as exportações iranianas do mesmo.

Em 8 de maio, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou sua decisão de retirar-se do acordo nuclear, que exige de Teerã manter um programa nuclear pacífico em troca do fim das sanções. Washington também decidiu reintroduzir medidas restritivas contra a República Islâmica. Outras nações signatárias do acordo não apoiaram a decisão dos EUA.

Voltar ao Topo
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com