Óleo e Gás

Grupo Chinês quer investir R$ 400 milhões para concluir duas térmica a óleo diesel na Bahia

O Jiangsu Communication Clean Energy Technology (CCETC), da China, vai investir cerca de R$ 400 milhões na conclusão das obras  de duas usinas termelétricas na Bahia. As usinas serão movidas a Óleo Diesel e deverão ficar instaladas no município de Dias D’Ávila, na região metropolitana de Salvador. Cada uma terá 143 MW de potência. As usinas foram contratadas num leilão realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em 2006, mas a homologação da outorga só ocorreu em 2014. Houve muitas idas e vindas, com disputas judiciais em relação ao resultado do leilão, algumas solicitações de mudanças nas características técnicas do projeto e pedido de reajuste de 37% na receita fixa das duas térmicas para recomposição do equilíbrio econômico financeiro dos contratos de venda de energia. O pleito não foi aprovado pela Aneel. Em contrapartida, o cronograma de construção da usina foi aprovado pela agência reguladora.

O negócio envolve a participação do fundo, mas os chineses podem comprar 100% das térmicas futuramente. Isso porque a Petrobrás, por meio da BR Distribuidora, anunciou a intenção de vender as térmicas dentro de seu programa de desinvestimento. A estatal tem 45% de participação na Pecém Energia e 50% na Energética Camaçari Muricy II – ambas em estágio pré-operacional. As duas usinas deverão começar a operar em outubro de 2020. Os chineses já se encontraram com o governador da Bahia, Rui Costa, e teriam se comprometido a contratar 70% da mão de obra local. As duas térmicas serão construídas no município de Dias D’Ávila, na região metropolitana de Salvador.(Fonte)

Voltar ao Topo
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com