Óleo e Gás

Parceiros do Qatar ganham 4 blocos de exploração offshore no Brasil

A Qatar Petroleum ganhou os direitos de exploração em quatro blocos offshore no Brasil, como parte de dois consórcios de licitação.

As propostas vencedoras foram anunciadas pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) em uma sessão de licitação pública realizada ontem no Rio de Janeiro. Propostas concorrentes foram submetidas à ANP e os vencedores foram anunciados durante o curso da sessão pública.

Estamos satisfeitos com o resultado da rodada de licitações, que permitiu uma expansão de nossa presença no Brasil, em uma das bacias mais prospectivas do mundo. Este resultado de sucesso é o segundo em seis meses e constitui uma conquista importante na execução de nossa estratégia de criação de um portfólio internacional de grande escala e valor agregado, enquanto buscamos a América Latina como uma importante área central para a Qatar Petroleum ”, disse Saad Sherida Al Kaabi. Presidente e CEO da Qatar Petroleum.

“Gostaria de aproveitar esta oportunidade para agradecer às autoridades brasileiras pela promoção de um processo transparente e eficiente, e nossos consórcios parceiros da Petrobras e da ExxonMobil pela excelente colaboração nesta oportunidade. Esperamos trabalhar com nossos parceiros para criar valor econômico sustentável e de longo prazo para as partes interessadas do projeto ”, concluiu Al Kaabi.

Os blocos de exploração foram oferecidos como parte da Rodada de Licitações de Pesquisa do Brasil 15, que cobriu 70 blocos em uma ampla gama de bacias geológicas das quais as principais áreas de interesse da QP foram as comprovadas e prolíficas bacias de Santos e Campos.

A Qatar Petroleum venceu os direitos de exploração dos blocos 789 e 753 na bacia de Campos como parte de um consórcio formado pelas afiliadas da ExxonMobil (operadora com participação de 40%), Petrobras (30%) e Qatar Petroleum (30%).

A Qatar Petroleum também ganhou os direitos de exploração dos blocos 536 e 647 na bacia de Santos, como parte de um consórcio formado pelas afiliadas da ExxonMobil (operadora com participação de 64%) e da Qatar Petroleum (participação de 36%).

Os acordos legais relevantes, incluindo os contratos de concessão, devem ser assinados entre as autoridades brasileiras e os membros do consórcio até novembro deste ano.

Esta é a segunda licitação vencedora da Qatar Petroleum no Brasil. Em outubro de 2017, a Qatar Petroleum fez parte de um consórcio vencedor com a Shell e com a China National Offshore Oil Corporation para a exploração no bloco Alto de Cabo Frio-Oeste, na prolífica bacia de hidrocarbonetos de Santos, no litoral brasileiro.

O bloco foi oferecido como parte da terceira rodada de licitações de partilha de produção do Brasil, que cobriu 4 blocos localizados na região do “pré-sal polígono” nas bacias de Santos e Campos: Pau Brasil, Peroba, Alto de Cabo Frio-Oeste e Alto de Cabo Frio-Central.

Voltar ao Topo