Empregos

Porto da Imetame recebe sinal verde para criar 1.750 empregos

Na fase de implantação do projeto serão criadas 350 vagas diretas em Aracruz, mas a previsão é que esse número aumente ainda mais.

O grupo capixaba Imetame, que recebeu nesta quinta-feira (19) licença do Iema para instalação de um porto em Aracruz, vai investir R$ 590 milhões e criar 1.750 vagas de emprego até o início da operação do terminal voltado à fabricação de módulos para plataformas de petróleo.

A previsão é de que sejam criadas entre 350 e 650 vagas diretas durante a fase de implantação. Já para a operação devem ser abertos entre 640 e 1.100 novos postos de trabalho, segundo a empresa, que ainda não divulgou como será feito o processo seletivo para essas vagas.

O porto prestará serviços logísticos que envolvem offshore, carga geral, container e granéis sólido, líquido e gasoso. De acordo com o diretor comercial da Imetame Logística Porto, Anderson Carvalho, parte das obras já foi realizada, cumprindo etapas como terraplenagem, supressão vegetal e construção do galpão industrial, mas foi necessária a adequação no projeto devido às condições atuais de mercado.

“Houve uma desaceleração da economia que afetou diretamente esse seguimento de petróleo e gás, e o nosso empreendimento passaria a sofrer essas variações ou essas influências de variação econômica, o que não seria sustentável. Então, decidimos criar uma oportunidade sustentável do empreendimento para a comunidade e para a economia”, afirmou.

LICENCIAMENTO

O Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Espírito Santo (Iema) assinou nesta quinta-feira (19) a nova licença de instalação da Imetame Logística Porto em Aracruz. A nova licença foi expedida devido a uma alteração do projeto do terminal industrial realizado pela empresa. As principais alterações do projeto foram a utilização de parte da área Oeste da ES-010 (não existia no projeto original), o que aumentou o empreendimento em tamanho de área; existe também uma redução da área construída em mar, aumentando a área de movimentação de navios; houve também uma mudança na matriz de carga, no projeto anterior era offshore e carga geral, no novo projeto mantém offshore e carga geral e acrescentam-se containers, granéis sólido, líquido e gasoso, o que amplia oportunidades para o empreendimento.

+++ CONFIRA OUTRAS VAGAS DE EMPREGO NA ÁREA OFFSHORE

“A Imetame é um grupo capixaba, um orgulho para o Espírito Santo e com esse novo projeto abarca uma nova área de atuação, contribuindo muito para a logística capixaba”, destacou o secretário estadual de Desenvolvimento, José Eduardo Azevedo. (Com informações da Secretaria de Desenvolvimento e do Iema.

Voltar ao Topo