Energia

Russia e Brasil assinam acordo de cooperação nuclear

A Rosatom, de propriedade estatal da Rússia, e a empresa estatal brasileira Eletrobras e sua subsidiária Eletronuclear assinaram um memorando de entendimento (MoU) para promover a cooperação no setor de energia nuclear, informou a empresa russa na segunda-feira.

O acordo para o uso pacífico da energia atômica visa construir uma nova usina nuclear no Brasil, com suporte ao ciclo de vida na operação, manutenção e desmantelamento, gerenciamento de combustível nuclear e também a extensão da vida das usinas nucleares existentes no Brasil.

Também está incluído no acordo a educação e treinamento de pessoal de energia nuclear no Brasil e a promoção da conscientização pública sobre o programa de energia nuclear do país.

“Estamos implementando os projetos no âmbito do ciclo do combustível nuclear e da medicina nuclear”, disse Kirill Komarov, primeiro vice-diretor da Rosatom para desenvolvimento corporativo e negócios internacionais.

“A assinatura deste MoU marca uma nova fase em nossa parceria. O Brasil tem uma experiência substancial no uso de tecnologias nucleares e grandes planos para o desenvolvimento de seu setor nuclear nacional”, acrescentou Komarov.

O Brasil possui dois reatores nucleares que geram 3% de sua eletricidade e um terceiro em construção, de acordo com a Associação Nuclear Mundial (WNA).

O primeiro reator comercial de energia nuclear do Brasil começou a funcionar em 1982, de acordo com a WNA.

Voltar ao Topo
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com