Offshore

Setor de óleo e gás puxa crescimento das exportações do Rio de janeiro

As exportações do Rio de Janeiro cresceram 32% no mês de agosto e o bom desempenho foi puxado pelas vendas do setor de óleo e gás. De acordo com levantamento feito pela Firjan, o comércio de  produtos como óleo bruto de petróleo foi um dos grandes responsáveis pelo avanço registrado no período.

“As principais mercadorias exportadas foram tubos e torneiras, usados na cadeia de petróleo e gás, e laminados de ferro e aço, utilizados pela indústria metalúrgica”, acrescentou a especialista em Comércio Exterior da Firjan Internacional, Claudia Teixeira. A pesquisa afirma que, em agosto, as vendas externas do estado do Rio de produtos exceto petróleo subiram 65%.

A instituição também destaca que o estado do Rio continuou sua expansão de vendas de petróleo para a China. “Aquele país possui grande potencial de consumo das commodities brasileiras. Assim, abrir frentes de comércio com a China é importante, ainda mais se conseguirmos introduzir a exportação de produtos industrializados nessa equação”, avaliou Claudia.

Enquanto as exportações foram bem, as importações não seguiram o mesmo caminho – sofreram redução de 16% nas compras de bens industriais, o equivalente a US$ 639 milhões. “As indústrias que registraram maior recuo foram as de Outros Equipamentos de Transporte (92%) e Veículos Automotores (40%). Contudo, as compras de combustíveis cresceram 59%”, detalhou a Firjan, em comunicado.

Voltar ao Topo
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com