Offshore

Shell Brasil prevê iniciar perfuração em Sul do Gato do Mato em 2019

A petroleira Shell prevê iniciar em 2019 perfuração na área Sul do Gato do Mato, na Bacia de Santos, arrematada em parceria com a Total em leilão do pré-sal de outubro, sob regime de partilha de produção, afirmou nesta segunda-feira, 13/11, o presidente no Brasil, André Araújo.

Sul do Gato do Mato é uma área adjacente ao prospecto de Gato do Mato, descoberto pela Shell e sua parceira. Como ambas as áreas compartilham uma jazida de petróleo, elas deverão passar por um processo de unitização.

“A gente já perfurou na área, sabe como fazer, temos experiência, então é colocar tudo o que a gente já tem para não perder tempo”, afirmou Araújo a jornalistas, após apresentar uma palestra na Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

O executivo destacou que a empresa já está trabalhando no que é importante para a exploração da nova área.

“A gente já sabia onde queria perfurar antes, obviamente sempre tem novos estudos. O time vai definir exatamente o local de perfuração, mas a gente não sai do zero”, afirmou.

A Shell é operadora das duas áreas, com 80 por cento de participação.

Maior produtora de petróleo no Brasil depois da Petrobras , a Shell prevê investir cerca de 2 bilhões de dólares por ano no país até 2020.

ALÉM DO PETRÓLEO

Durante o evento, Araújo também afirmou que está em busca de oportunidades em energias renováveis no Brasil, que poderá ser por meio de aquisições ou desenvolvimento em parcerias.

“Tem um número grande de empresas que acreditam que energia renovável no Brasil vai crescer, são oportunidades de negócios, por que não entrar?”, disse Araújo, evitando dar detalhes.

“A gente já está fazendo muita coisa em biomassa, o grupo Shell, através da Raízen, tem feito investimento grande nessa área, mas a gente olha sim outras oportunidades de negócios”.

Voltar ao Topo
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com