Offshore

Shell conclui importante etapa em mega navio plataforma

A Shell avançou mais uma etapa para dar início às operações do Prelude FLNG, considerado o maior navio-plataforma já construído. A companhia declarou que foi introduzido gás a bordo da embarcação, o que permitirá que seus utilitários possam funcionar a base deste combustível, ao invés de diesel.

A companhia anglo-holandesa explicou que este é um momento de inovação para o ativo, e uma oportunidade para testar processos e sistemas antes que os poços submarinos sejam abertos na inicialização. “A introdução de gás no Prelude é um passo importante para o start-up, mas há muito trabalho a fazer antes de chegarmos lá”, afirmou o diretor de projetos, Didrik Reymert. O próximo passo será testar e preparar a planta de GNL a bordo do navio em preparação para a abertura dos poços.

O Prelude possui 488 metros de comprimento e 74 metros de largura. A unidade deixou o estaleiro na Coreia do Sul no final de junho de 2017 e alcançou as águas australianas no final de julho. Foram conectadas todas as 16 linhas de ancoragem no campo Prelude em agosto do mesmo ano. A unidade está agora localizada na Bacia Browse, a aproximadamente 475 km de Broome, na Austrália Ocidental.

Voltar ao Topo