Offshore

Statoil planeja perfurar cinco a seis poços em 2018, sendo três no Brasil

A Statoil continuará a perfurar o petróleo no Arctic Barents Sea no próximo ano, embora a campanha de 2017 tenha sido principalmente decepcionante, disse o chefe de exploração da empresa à Reuters.

Statoil planeja perfurar entre 25 e 30 poços nas águas norueguesas em 2018. Destes poços, cinco ou seis são esperados no Barents e o resto será dividido entre o Mar do Norte e o Mar da Noruega, ambos localizados mais ao sul.

“Nós testamos muito potencial lá [em 2017], e esse potencial desapareceu. Mas ainda acreditamos no potencial geral do Mar de Barents “, disse o chefe de exploração, Tim Dodson, à Reuters, à margem de uma conferência da Statoil.

Mesmo que a empresa não tenha feito descobertas grandes do Barents Sea a partir dos cinco poços perfurados no ano atual, fez uma pequena descoberta de petróleo, conhecida como caiaque, e a campanha de exploração teve um valor geral positivo para a empresa, acrescentou.

Os planos da Statoil para 2018 também incluem pelo menos três poços do Brasil, um fora da Tanzânia, um ou dois poços terrestres na Argentina e um na terra na Rússia, disse Dodson.

Ele declinou dar um número para o número total de poços a ser perfurado globalmente pela Statoil no próximo ano, mas disse que o orçamento de exploração da empresa não mudaria muito em relação a 2017.

Separadamente, o CEO da Statoil disse que a empresa continuaria a cortar os custos operacionais de seus negócios noruegueses de petróleo e gás offshore.

“Vemos o potencial de mais ganhos de eficiência no próximo ano”, disse o diretor financeiro Hans Jakob Hegge à Reuters.

Voltar ao Topo
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com