Offshore

Trabalhador da Petrobras morre em navio de perfuração dos Estados Unidos

A Petrobras disse que um trabalhador morreu durante o fim de semana em um navio de perfuração trabalhando para a estatal brasileira no Golfo do México dos EUA.

De acordo com uma declaração da empresa, a fatalidade de um trabalhador da Spencer Ogden ocorreu no dia 2 de dezembro na plataforma Petrobras “10000” devido a um “acidente”.

O trabalhador foi imediatamente tratado na plataforma, mas “infelizmente ele faleceu”, disse a Petrobras em comunicado.

“As autoridades competentes foram notificadas. A causa do incidente está sendo investigada. Nossos pensamentos e orações permanecem na família do membro da tripulação”, comentou.

O US Bureau of Safety & Environmental Enforcement não respondeu imediatamente a um pedido de comentário sobre o acidente.

A Petrobras 10000 estava no trabalho no campo cascata Chinook da Petrobras, no bloco 469 de Walker Ridge, que fica em 8835 pés de água.

A plataforma chegou no Golfo dos EUA em outubro, depois de um período fora da Colômbia, onde perfurou o gato selvagem Brahma para o gigante brasileiro, que detém o contrato de arrendamento no bloco de Tayrona.

A Petrobras 10000 estava completando o poço Chinook 6 no quarto trimestre de 2017, com uma produção iniciada através do FPSO da BW Pioneer planejado para o primeiro trimestre de 2018.

Voltar ao Topo
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com