Indústria

Vale e Mitsui investem US $ 2.7 bilhões no setor logistica

A maior mineradora diversificada do Brasil , Vale, anunciou que, juntamente com o parceiro japonês Mitsui & Co, assinou um acordo de financiamento de US $ 2,73 bilhões para financiar o Corredor de Logística de Nacala (NLC), que conectará o Mina de carvão Moatize, baseada em Moçambique , para o porto de Nacala.

A Vale afirmou em um comunicado de imprensa que o acordo incluiu um empréstimo de US $ 1,03 bilhão do Japan Bank for International Cooperation e mais US $ 1 bilhão de um sindicato de instituições financeiras.

O seguro de crédito à exportação da África do Sul também aumentará em US $ 400 milhões, com base nos parceiros de empréstimos ABSA Bank; Banco Investec; Rand Merchant Bank e The Standard Bank of South Africa , enquanto o Banco Africano de Desenvolvimento também fornecerá US $ 300 milhões para o projeto ferroviário, com uma seção de 237 km que atravessa o Malawi.

A Vale disse que o financiamento para o projeto de 912 km será reembolsado em 14 anos, apesar de uma tarifa sobre os serviços de transporte de carvão e de serviços de carga geral fornecidos pelo NLC.

Após cerca de três anos de negociações, a Mitsui comprou uma participação de 15% na participação de 95% da Vale na mina de carvão Moatize em março. Também comprou metade da participação de 70% da Vale no NLC.

“A Vale deseja que o financiamento do projeto Nacala se torne um cartão postal e uma referência para a atração de outros investimentos de grande escala em ambos os países ( Moçambique e Malawi)”, afirmou em um comunicado.

Voltar ao Topo
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com