Notícias

MODEC e SIA vencem contratos para o campo de petróleo da Equinor no Brasil

Preços

O MODEC e a Subsea Integration Alliance (SIA) firmaram contratos com a Equinor para fornecer serviços de design de engenharia de front-end (FEED) para o projeto Bacalhau (anteriormente Carcará) no exterior do Brasil.

A SIA é uma parceria entre a Subsea 7 e a OneSubsea da Schlumberger.

Os contratos são para a primeira fase do campo de Bacalhau. O campo fica a 185 km do litoral de Ilhabela / SP, São Paulo, a uma profundidade de 2.050m.

A Equinor selecionou a SIA para o contrato submarino de cordões umbilicais, risers e linhas de fluxo (SURF). Ele concedeu à MODEC o contrato de armazenamento flutuante de produção e transferência (FPSO).

O campo de Bacalhau é operado pela Equinor, com uma participação de 40%. Outros parceiros são ExxonMobil (40%), Petrogal Brasil (20%) e Pré-sal Petróleo como uma agência governamental não investidora.

Os contratos adjudicados à SIA e MODEC são baseados em uma concessão em duas etapas.

FEED e pré-investimento estão começando imediatamente. Também possui uma opção para a fase de execução, incluindo engenharia, suprimento, construção e instalação (EPCI) para todo o escopo do SURF e do FPSO.

Sobre a Modec

A Modec é uma empresa japonesa que presta serviços para a indústria de petróleo e gás natural.

Sobre a Subsea Integration Alliance

A empresa busca atender aos desafios da complexidade do desenvolvimento submarino para oferecer sucesso a longo prazo vai muito além dos recursos oferecidos por qualquer provedor de serviços individual. Nossa resposta é a Subsea Integration Alliance – uma aliança como nenhuma outra.

 

Veja os Comentários

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo