Energia

A Lightsource BP faz a maior aquisição solar do Brasil

 A empresa de energia solar Lightsource BP adquiriu um grande número de projetos no Brasil com potencial para quase dobrar sua atual capacidade global.

A empresa sediada em Londres, na qual a BP <BP.L> detém uma participação de 43%, disse em comunicado que comprou 1,9 gigawatt de projetos da desenvolvedora independente de energia renovável Enerlife por uma quantia não revelada.

Os projetos de energia solar em escala de serviço público estão em estágios diferentes, desde as primeiras licenças de uso da terra até empreendimentos mais avançados com conexões de rede.

A energia solar contribui com pouco mais de 1% da geração total de eletricidade do Brasil, que deve aumentar nas próximas décadas.

“Esses são os blocos de construção dos quais cresceremos um negócio de energia solar muito bem-sucedido em todo o Brasil”, disse Kareen Boutonnat, diretor de operações da Lightsource BP, em um comunicado.

A Lightsource terá como alvo principalmente compradores corporativos e industriais, tanto no mercado regulado quanto no não regulamentado, de acordo com Vlasios Souflis, diretor de desenvolvimento de negócios internacionais.

Na semana passada, o governo brasileiro concedeu licenças para novos projetos de geração de energia que adicionariam 402 megawatts (MW) de capacidade até 2023, a um preço recorde para a geração solar. A Enerlife recebeu mais de 160 megawatts em cinco projetos solares.

A Lightsource BP é a maior produtora solar de energia solar da Europa, com mais de US $ 3 bilhões investidos em quase 2 gigawatts de projetos solares em todo o mundo, de acordo com o comunicado da Lightsource BP.

Nos últimos anos, a empresa expandiu suas operações nos estados da Califórnia, Pensilvânia e Maryland, assim como no Egito e na Índia.

O portfólio da Enerlife consiste em 1,9 gigawatts de projetos de energia solar, incluindo 440 megawatts em desenvolvimento em fase final, além de 180 megawatts de projetos de geração distribuída em cinco locais, cada um com capacidade de até 5 megawatts, disse a Lightsource BP.

Voltar ao Topo