Empregos

Ações da Norsk Hydro saltam após embargo de estado brasileiro contra Alunorte

 Norsk Hydro disse que o estado Pará tinha levantado um embargo de produção na Alunorte refinaria de alumina da Hydro lá, levando as ações da norueguesa de alumínio fabricante superior em esperanças que está mais perto de retomar a saída total na planta. 

As ações da Hydro aumentaram em 5,3% no início do pregão de Oslo, para uma alta de seis semanas de 41,6 coroas norueguesas. 

A maior refinaria de alumina do mundo tem operado com metade da capacidade desde o início do ano passado, depois que a Hydro admitiu ter feito emissões não autorizadas de água não tratada durante as fortes chuvas. 

Embora o levantamento do embargo do Pará seja positivo, a Hydro disse que a produção total não será retomada até que um tribunal federal brasileiro faça o mesmo.

“Isso apóia nossa expectativa e uma previsão de que a produção pode ser retomada no segundo semestre de 2019”, disseram os corretores do DNB Markets, que possuem uma recomendação de compra das ações da Hydro. 

Em plena capacidade, a fábrica pode produzir cerca de 6,4 milhões de toneladas de alumina, ou 10% da capacidade mundial fora da China . 

A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (SEMAS) emitiu uma nota levantando seu embargo e dizendo que as operações normais podem ser retomadas, disse a Hydro em um comunicado. 

“Continuaremos o diálogo com as autoridades em busca da retomada total da produção”, disse John Thuestad, vice-presidente executivo de bauxita e alumina da Hydro. 

“A Alunorte informará o tribunal federal brasileiro sobre a decisão da SEMAS”, disse a Hydro.

O CEO da Hydro, Svein Richard Brandtzaeg, disse à Reuters na semana passada que espera que as operações completas possam recomeçar dentro de “semanas ou meses”.

Voltar ao Topo