Offshore

Aker BP está pronta para perfurar bem o mar da Noruega

A Autoridade de Segurança de Petróleo da Noruega (PSA) da Noruega autorizou a Aker BP a perfurar um poço de exploração no Mar da Noruega, usando a plataforma de perfuração Deepsea Stavanger.

O consentimento aplica-se à perfuração do poço de exploração 6608 / 6-1 – denominado Vågar – na licença de produção 762 no Mar da Noruega.

Aker BP é o operador desta licença com uma participação de 20 por cento. Outros licenciados são a Equinor, com 60%, e a Petoro, com 20% de participação.

Aker BP já garantiu uma licença de perfuração para este poço da Norwegian Petroleum Directorate (NPD).

O local de perfuração situa-se a cerca de 100 quilómetros a nordeste do campo de Skarv e a 170 quilómetros a sudoeste de Røstøyan.

De acordo com a declaração do órgão de segurança nesta quinta-feira, a perfuração do poço está programada para começar no terceiro trimestre de 2019 e as operações de perfuração devem durar 27 dias.

Este é o primeiro poço de exploração a ser perfurado na licença. A profundidade da água no local é de 288 metros.

O poço será perfurado pela Deepsea Stavanger, que é uma sonda de perfuração móvel semi-submersível do tipo GVA 7500, construída na Coreia do Sul em 2010. Ela pertence e é operada pela Odfjell Drilling.

O PSA emitiu o Deepsea Stavanger com um Reconhecimento de Conformidade (AoC) em 16 de março de 2017.

Voltar ao Topo