Notícias

Ambev estabelece meta ambiciosa para acabar com a poluição plástica em embalagens

A empresa brasileira de bebidas Ambev SA estabeleceu uma meta ambiciosa de eliminar a poluição plástica em suas embalagens até 2025, em um esforço que um executivo disse na segunda-feira com potencial para gerar aproximadamente 1 bilhão de reais (US $ 239,09 milhões) em negócios .

A maior cervejaria da América Latina está fazendo parceria com partes interessadas, incluindo fornecedores, cooperativas de reciclagem, startups e universidades, para que todas as suas bebidas sejam em embalagens retornáveis ​​ou feitas com material 100% reciclado.

“Hoje, 40% de nossas cervejas já usam embalagens retornáveis, mas, à medida que avançamos, nosso sonho ficou maior e decidimos acabar com a poluição plástica em nossas embalagens”, afirmou Rodrigo Figueiredo, vice-presidente de sustentabilidade e cadeia de suprimentos da Ambev, em entrevista. .

Ele não disse quanto custaria.

A nova meta, que faz parte de um esforço mais amplo da controladora Anheuser Busch InBev, segue uma tendência global de acelerar a reciclagem e eliminar gradualmente os recipientes de plástico, à medida que os consumidores mudam para alternativas mais ecológicas.

Em outubro, a subsidiária brasileira da AB InBev anunciou sua primeira água em latas de alumínio, a AMA, que segundo Figueiredo provavelmente será distribuída em fevereiro.

A Ambev investiu um total de 17,5 bilhões de reais entre 2014 e 2018 em várias iniciativas para adotar práticas ainda mais ecológicas, incluindo projetos para que todas as suas operações sejam executadas por fontes de energia renováveis ​​até 2025.

Mais recentemente, a empresa assinou um contrato de 600 milhões de reais com um grupo de private equity para construir um parque eólico que fornecerá energia renovável a todas as suas fábricas de bebidas no nordeste do Brasil, bem como às cinco cervejarias Budweiser em todo o país.

No ano passado, a Ambev se uniu a 10 startups, totalizando até 3 milhões de reais em contratos.

Voltar ao Topo