Offshore

ANP habilita mais quatro empresas para 6ª Rodada do Pré-sal, em novembro

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) habilitou mais quatro empresas para participar da 6ª Rodada de Licitações de Partilha (Leilão do Pré-sal). Com isso, subiu para 17 o total de empresas habilitadas para o certame, marcado para 7 de novembro.

De acordo com comunicado da Comissão Especial de Licitação da ANP, publicado na edição desta terça-feira do Diário Oficial da União, foram habilitadas a espanhola Cepsa, a brasileira Enauta, a norueguesa Equinor e a portuguesa Petrogal.

Elas se juntam ao grupo habilitado anteriormente formado por Petrobras, a britânica BP, as americanas Chevron, ExxonMobil e Murphy, as chinesas CNOOC e CNODC, a colombiana Ecopetrol, a malaia Petronas, a catari QPI, a espanhola Repsol, a anglo-holandesa Shell e a alemã Wintershall DEA.

No leilão, serão oferecidas cinco áreas no polígono do pré-sal, nas Bacias de Santos e Campos. Juntas, as áreas totalizam R$ 7,85 bilhões a serem pagos em bônus de assinatura pelos respectivos vencedores.

Voltar ao Topo