Empregos

Atlas contrata profissionais de 15 funções para trabalhar embarcado

Empresa global que atua no serviço de recrutamento nos setores energético e marinho, a Atlas Professionals está com novas vagas para o Brasil. Ao todo são 16 funções diferentes e em sua grande maioria as oportunidades são para a cidade do Rio de Janeiro.

Para participar do processo seletivo, o profissional interessado deverá atender os requisitos solicitados pela Atlas em seguida clicar sobre o título da vaga, para cadastrar o seu currículo. Há oportunidades com início em setembro, novembro e em janeiro de 2020.

Operador de Sala de Controle – – Possuir formação técnica, inglês intermediário, além dos certificados CBSP, HUET, NR-13, NR-34, NR33, NR-35 e Security Awareness for Sea Farers and Non-Sea-Farers STCW A-VI/6. Colaborador irá operar os sistemas de processos para a produção a partir da sala de controle (HMI – Human Machine Interface), monitorando e controlando a unidade.

Técnico em Elétrica – Possuir formação técnica em elétrica ou eletrônica, inglês intermediário e os certificados NR-10, NR33, NR-34, NR35, CBSP, HUET, HV / LV Protection Relays, HV / LV Switching Operations, Conscientização sobre segurança marítima, Security Awareness for Sea Farers and Non-Sea-Farers (proteção de sensibilização para a proteção) e Dangerous Goods by Sea. Colaborador será responsável por Garantir o funcionamento eficiente e seguro de todos os equipamentos elétricos da instalação, incluindo a geração, distribuição das cargas elétricas e sistemas de segurança relacionados.

Operador de Produção – Possuir formação técnica compatível com a área, inglês intermediário e os certificados HUET, CBSP, NR-33, NR-34, NR-35, NR-13, Combate à incêndio Básico (CACI) e Security Awareness for Sea Farers and Non-Sea-Farers (proteção de sensibilização para a proteção). Colaborador será responsável por executar a operação dos sistemas de processos e utilidades das unidades, efetuando-as com segurança, seguindo os procedimentos estabelecidos, sempre observando a correta continuidade operacional dos equipamentos de processo.

Técnico Mecânico – Possuir formação técnica em mecânica/mecatrônica, inglês intermediário e os certificados HUET, CBSP, NR-33, NR-34, NR-35, NR-13, MCIA, Combate à incêndio Básico (CACI) e Security Awareness for Sea Farers and Non-Sea-Farers (proteção de sensibilização para a proteção). Colaborador será responsável por garantir o funcionamento eficiente e seguro de todos os equipamentos mecânicos e de segurança relacionada a instalação, incluindo o conserto e a manutenção dos equipamentos.

Operador de Guindaste – Possuir formação técnica ou ensino médio, inglês fluente e desejável experiência comprovada na função. Dentre suas funções, estão: assegurar que esteja totalmente familiarizado com o Sistema de Gestão de QSMS da Empresa; ter um entendimento de qualquer tarefa dada a ele e que esteja ciente dos procedimentos aprovados para ser seguido, e ter recebido as instruções sobre como a tarefa deve ser executada. e auxiliar o Supervisor de manutenção e ao Assistente mecânico com a manutenção dos guindastes da instalação marítima.

Oficial de Maquinas – Possuir o certificado STCW, além de inglês avançado. Colaborador pertencente ao escalão dos oficiais da carreira de pessoal de máquinas da marinha mercante e coordena todo o grupo de marítimos da seção de Máquinas.

Segundo Engenheiro Oficial de Máquinas – Possuir certificados de competência e inglês avançado. A bordo dos navios de potência propulsora elevada, os oficiais de máquinas são responsáveis pela gestão do serviço e do restante de pessoal da seção de máquinas. As tarefas dos oficiais de máquinas consistem em: Controlar e participar na manutenção dos sistemas elétricos, eletrônicos e mecânicos do navio, sobretudo dos sistemas de propulsão e de produção de energia. Em definir as necessidades de aprovisionamento de combustível e de outros materiais da seção de máquinas. Atividades no Rio de Janeiro.

Terceiro Engenheiro Oficial de Máquinas – Possuir certificados pertinentes ao cargo, inglês avançado, experiência comprovada na função, além de certificado de competência III/1, CIR (caderneta de inscrição e registro) e os cursos CBSP, HUET, Segurança pessoal, treinamento primeiros socorros, treinamento relações Humanas sobrevivência pessoal (STCW – 78/95). Colaborador irá controlar e participar na manutenção dos sistemas elétricos, eletrônicos e mecânicos do navio, sobretudo dos sistemas de propulsão e de produção de energia. Em definir as necessidades de aprovisionamento de combustível e de outros materiais da seção de máquinas.

Eletricista – Possuir experiência comprovada na função, inglês avançado, CIR, cuso de elétrica, NR-10 e certificação STCW. Colaborador cuida da operação e manutenção de todos os equipamentos elétricos e eletrônicos a bordo da embarcação/unidade marítima. Implementar, controlar e monitorar todos os aspectos da manutenção elétrica a bordo da embarcação de acordo com as políticas e procedimentos da Companhia ou de seu cliente. Deve se reportar e responder diretamente ao chefe de elétrica.

ROV Pilot Technician / Piloto de ROV (Banco de Vagas) – Possuir formação técnica em eletrônica, mecatrônica ou equivalênte e inglês intermediário. É desejável experiência comprovada na função. Colaborador irá operar o ROV Remotely Operated Vehicle; acompanhar seus movimentos na operação; direciona-los através de controle de remoto; coletando os dados através das imagens geradas pelo robô, que são transmitidas em tempo real. Operam veículos remotamente controlados (robôs), orientando-se por instrumentos de navegação, para gerar imagens e realizar inspeções e intervenções em estruturas e equipamentos submarinos. Planejam, mobilizam e documentam atividades de operações do sistema rov. Realizam manutenção de equipamentos, diagnosticando defeitos e falhas, reparando e substituindo componentes mecânicos e eletroeletrônicos. Trabalham seguindo normas de segurança, higiene, qualidade e preservação ambiental.

Supervisor de ROV (Banco de Vagas) – Possuir formação técnica em eletrônica, mecatrônica ou equivalênte e inglês intermediário. É desejável experiência comprovada na função. Colaborador irá operar de forma segura o ROV para a exploração de petróleo em aguas profundas, a camada de pre-sal. Domínio da tecnologia num ambiente onshore ou offshore comandando e acompanhando todo o trajeto do Remotely Operated Vehicle ; além da exploração em aguas profundas, o piloto de ROV deve estar apto para inspeções de cascos de navios e de cais em areas portuárias, operações de segurança marítima e de resgates bem como acompanhamento de obras sob agua.

Técnico de Survey (Banco de Curriculos) – Possuir formação técnica em elétrica ou equivalente e inglês técnico. Desejável experiência comprovada na função. Colaborador irá realizar à bordo de embarcações offshore, trabalhos auxiliares ou braçais nas operações de manobras e movimentação de equipamentos destinados à aquisições e coletas de dados oceanográficos, ambientais ou geofísicos, procedendo conforme instruções recebidas e tomando os cuidados necessários de segurança, limpeza e conservação do sistema para contribuir para o fluxo normal dos trabalhos operacionais.

Rigger/Homem de Área (Banco de Curriculos) – Possuir ensino médio completo, certificados EMCIA, HUET e CBSP. Desejável experiência comprovada na função. Dentre suas atribuições estão; auxiliar ao seu Supervisor para garantir que as operações de trabalho da Unidade marítima sejam conduzidas de tal forma que impeça lesões pessoais e/ou danos à embarcação ou equipamento. Auxiliar ao seu Supervisor na revisão de equipamentos e requisições do departamento de deck, guindaste, e inventários. Auxiliar o Contramestre/Bosun e ao guindasteiro, para assegurar boa gestão de todo o trabalho no Deck e áreas de armazenamento.

Marinheiro de Convés (Banco de Curriculos) Possuir ensino médio CIR e experiência comprovada na função. Apresentar os certificados: básico de convés, Segurança pessoal; treinamento primeiros socorros, treinamento relações Humanas; sobrevivência pessoal (STCW – 78/95), HUET, ALPH, treinamento de entrada em espaço confinado e CBSP. Dentre suas atribuições estão: auxiliar ao Contramestre/Bosun para garantir que as operações de trabalho da Unidade marítima sejam conduzidas de tal forma que impeça lesões pessoais e/ou danos à embarcação ou equipamento. Auxiliar ao Contramestre/Bosun na revisão de equipamentos e requisições do departamento de deck e inventários. Auxiliar o Contramestre/Bosun para assegurar boa gestão de todo o trabalho no Deck e áreas de armazenamento.

Operador de Cargas (Banco de Curriculos) -Possuir formação superior em Ciências Náuticas ou ASON, inglês avançado e desejável experiência comprovada na função. Apresentar os certificados de competência e cursos de acordo com STCW II/2, CIR e ESOP. Na marinha mercante, o Imediato II/2 exerce, na prática, a chefia do serviço de convés por delegação do comandante do navio. Nesta função teremos o Cargo Supervisor que será atribuído. Duas das suas principais responsabilidades são a da gestão da carga e a da coordenação da segurança do navio.

Radio Operador (Banco de Curriculos) – Possuir ensino médio, inglês avançado, experiência comprovada na função, certificação GMDSS e rádio operador Anatel. É recomendável possuir HUET, CNS-14, CBSP. O papel do Rádio Operador é garantir o convívio de comunicação do navio/unidade marítima com outras unidades e com as bases em terra.

Voltar ao Topo