Gás Natural

Autoridade brasileira premia licença de carregamento de gás natural

A Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Brasil (Anp) premiou a Gerdau, uma produtora brasileira de aços longos, uma licença de carregamento de gás natural, informou o Ministério de Minas e Energia do país no início desta semana.

Essa licença permite que a Gerdau participe de licitações públicas para contratos de compra e venda de gás, como para o gasoduto Bolívia-Brasil Gasbol.

“Haverá muitas oportunidades no setor de petróleo e gás para a indústria siderúrgica. As siderúrgicas poderão participar da demanda por meio de concessões e acordos de compartilhamento de produção ”, disse o ministro de mineração e energia, Bento Albuquerque, em nota.

“As ações do governo vão gerar oportunidades de negócios para a indústria siderúrgica e intensas parcerias público-privadas em diversas áreas, como infraestrutura e energia”, acrescentou.

A entrada de novos players de gás natural no mercado brasileiro de energia foi promovida pelo governo de Jair Bolsonaro. O presidente lançou oficialmente o “Novo Plano do Mercado de Gás” em 23 de julho, como parte de uma série de medidas destinadas a quebrar o monopólio da Petrobras no setor e promover mudanças nas regulamentações estaduais.

Voltar ao Topo