Mineração

Autoridades congelam US $ 765 milhões de ativos da Vale

Promotores públicos e defensores públicos no estado de Minas Gerais venceram uma tentativa de congelar ativos no valor de R $ 2,95 bilhões (US $ 765 milhões) pertencentes à Vale, que vem lutando desde uma ruptura letal em uma de suas minas, disse a empresa em um arquivamento na segunda-feira.

De acordo com o arquivamento, a decisão baseou-se na garantia de indenização para aqueles que possam ter sofrido perdas com a cessação das operações da barragem do Alto Sul da Vale em Gongo Soco, em Barão de Cocais.

“A empresa ainda não foi formalmente notificada da decisão e tomará as medidas adequadas dentro do prazo legal”, disse a Vale.

A Vale tem lidado com uma enxurrada de pedidos interrompendo suas operações de mineração em vários locais após a ruptura de uma de suas barragens de rejeitos em janeiro, que matou mais de 300 pessoas na cidade de Brumadinho.

Voltar ao Topo