Petróleo

Bacia do Permiano impulsiona a produção da ExxonMobil em 2019

Os desenvolvimentos e o início de acordo com os planos da produção não convencional da bacia do Permiano estão dando resultados positivos para as finanças da ExxonMobil, como mostra o relatório de resultados mais recente do segundo trimestre de 2019, onde mostra um aumento da produção no período que foi impulsionado pela contribuição da produção Permiano.

Globalmente, a produção de Upstream da ExxonMobil no primeiro semestre de 2019 em comparação com o ano anterior aumentou em 8%, onde a contribuição da bacia do Permiano foi decisiva.Os investimentos da ExxonMobil na Bacia do Permiano esperam retornos de dois dígitos, mesmo em cenários de baixo preço do petróleo, por exemplo, a um preço de US $ 35 por barril, a produção do Permiano teria um retorno médio de mais de 10%.A produção anual da ExxonMobil foi de 177 mil barris por dia (kbd) , com uma produção total de 2.386 kbd sendo a maior desde 2016 e a mais alta em 10 anos para qualquer segundo trimestre. O crescimento de 177 kbd foi impulsionado pela bacia do Permiano.

O volume de produção anualizada aumentou 7% no segundo trimestre de 2019 (2T2019), o volume de produção foi de 3.909 Koebd, (milhares de barris por dia equivalentes e produção equivalente de petróleo ‘koebd’), comparado a 3.647 Koebd no segundo trimestre de 2018. Isto representa uma variação de 262 Koebd, da qual a bacia do Permiano contribuiu +129 Koebd equivalente a + 89%.

Figura 1. Produção não convencional da ExxonMobil com projeção até 2025 Imagem obtida a partir dos resultados do segundo trimestre de 2019

De acordo com os planos da ExxonMobil, o desenvolvimento de produção não convencional da Bacia do Permiano continua, com um aumento de 20% no 2T2019 comparado ao primeiro trimestre de 2019 (1T2019) e quase 90% em relação ao segundo trimestre de 2018.

Voltar ao Topo