Energia

BEI e Iberdrola investirão R$ 1,2 bi em energia renovável no Nordeste

Na Conferência sobre Mudança Climática COP25, em Madri, o BEI e a Iberdrola anunciaram dois novos acordos para promover a ação climática, investindo em projetos de energia renovável e redes de distribuição de eletricidade.

Para isso, a vice-presidente do banco da UE Emma Navarro e a presidente da Iberdrola Ignacio Galán assinaram dois empréstimos, no total de 690 milhões de euros.

Do total de 690 milhões de euros, 250 milhões de euros serão destinados ao financiamento da construção de 15 parques eólicos a serem desenvolvidos no país pela Neoenergia, subsidiária da Iberdrola no Brasil. 

Essas novas instalações estarão localizadas em três estados do nordeste: Paraíba, Bahia e Piauí.

Uma vez em operação, eles terão uma potência total instalada de 520 MW e produzirão uma média anual de 2.300 GWh de energia limpa. O comissionamento desses parques eólicos ajudará a reduzir o CO? e aumentar a proporção de energia renovável na geração de eletricidade do país.

Os investimentos nesses novos parques eólicos serão realizados ao longo de cinco anos e possibilitarão a criação de 2.300 empregos.

Voltar ao Topo