Energia Solar

Brasil assina acordo com gigante chinesa para impulsionar energia solar fotovoltaica

O FIEMS levou para o estado do Mato Grosso do Sul um importante reforço do projeto de promoção da cadeia de fornecimento de energia fotovoltaica.

Na segunda-feira (02), assinou um acordo com a subsidiária HT-SAAE , uma gigante chinesa cujos principais produtos incluem o fornecimento de sistemas de geração para energia fotovoltaicaO presidente da FIEMS (Federação das Indústrias do Mato Grosso do Sul) , Sérgio Longen, o diretor do CASC, Jeff Lu, e o CEO da HT América Latina, Rodrigo Botelho, assinaram um memorando de intenções durante uma reunião na Casa da Edificio Indústria em Campo Grande (MS). O termo inclui a transferência de tecnologia, conhecimento técnico e disponibilidade de equipamentos relacionados à área de energia fotovoltaica entre HT e Senai , que opera com diversos programas e consultorias para promover o setor, por meio do Programa de Eficiência Energética do Senai.

“A FIEMS vê a energia solar fotovoltaica como uma grande oportunidade para o Mato Grosso do Sul, e hoje demos mais um passo para promover e disseminar essa cadeia desconhecida no Brasil através da transferência de tecnologia com essa empresa chinesa que detém há anos . experiência nesta área “ , disse o presidente da Fiems.

O CEO da HT Latin America acrescentou que está otimista em relação à associação, já que o Mato Grosso do Sul tem um grande potencial para geração de energia solar, enquanto o Governo do Estado e Fiems estão alinhados para atrair potenciais investidores no setor. “Como uma empresa que tem uma visão muito intensa de desenvolvimento e pesquisa, nossa intenção é fazer um intercâmbio de conhecimento tecnológico. Há uma expectativa de investir em treinamento de mão de obra, transferir tecnologia para a região do Pantanal e talvez levar a primeira indústria de painéis solares para o estado ”, afirmou.

Voltar ao Topo