Negócios

Brasil busca vertentes além do petróleo e gás para atrair investidores estrangeiros

Brasil busca vertentes além do petróleo e gás para atrair investidores estrangeiros
“Para tornar o Brasil atraente para o mercado externo, são necessárias reformas econômicas, como pensões. Agro-negócios, infraestrutura e energia em primeiro lugar”.
A novidade é que o PIB do Brasil cresceu 0,4% no segundo trimestre em comparação ao primeiro.

Um fato que surpreendeu economistas e especialistas. No entanto, os indicadores de investimentos estrangeiros esperam ainda melhor. O Brasil conversou com Juliana Inhaz, economista do Instituto de Pesquisa de São Paulo (Insper).

“O Brasil é incapaz de atrair investimentos estrangeiros”

“Os investidores estão cada vez mais cautelosos com a situação econômica futura no Brasil. Portanto, ninguém quer arriscar. Quando olhamos não apenas para o cenário doméstico do país, mas também para o externo, notamos investidores cada vez mais claros, que perceber a existência de economias com grande potencial e melhor, com lucro considerável e grande potencial de crescimento em relação a nós. Hoje o Brasil não é capaz de garantir isso “, explica o interlocutor à agência.

Segundo ela, a implementação de reformas pode ajudar a mudar a imagem do Brasil hoje vista como um país inadequado para investimentos.

“Parece-me que a atividade do governo depende muito da reforma previdenciária que representa um sinal no exterior para tornar o país atraente para investimentos”, explicou Inhasz.

Quais setores brasileiros poderiam ser mais atraentes para investidores estrangeiros? Segundo o agronegócio especialista e também a infraestrutura e o setor de recursos energéticos .

Foco no agronegócio

“Na verdade, os setores mais importantes para investidores estrangeiros são infraestrutura, petróleo e gás. Esses setores da indústria são os que mais sofrem com a falta de injeção de capital, mas sabemos que essa área produtiva, a longo prazo, pode ser o mais vantajoso “, explicou o economista.

° Mas também existem outros setores e acho que o agronegócio é um dos extremamente interessantes. Sem dúvida, seria vantajoso (para investidores estrangeiros) porque, nesse tipo de negócio, o Brasil possui um grande patrimônio que não teme a concorrência, dado o clima, a topografia e a grande experiência de produção. Portanto, sem dúvida, temos uma grande vantagem no campo agroindustrial. Eu acredito que o Brasil deve focar precisamente nisso. Em qualquer nível, fazer investimentos nesse setor seria uma grande vantagem para todos “, acrescentou Inhasz.

Anteriormente, em uma conversa com. O professor Mauro Rochlin, do “Fundo Getúlio Vargas”, também enfatizou que no Brasil são necessárias reformas e desenvolvimento econômico nos setores de infraestrutura e energia. Uma maneira, concluiu o professor, de recuperar os investidores de seus passos.

Voltar ao Topo