Biocombustíveis

Brasil contrata 1,14 bilhão de litros no 68º leilão de biodiesel

A Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) anunciou na terça-feira que quase 1,14 bilhão de litros (301,15 milhões de litros) foram contratados no 68º leilão de biodiesel.

O preço médio de R $ 2,857 por litro alcançado na licitação resultou em um valor total do contrato de pouco mais de BRL 3,25 bilhões (USD 804m / EUR 724m). Ao todo, 38 produtores ofertaram cerca de 1,14 bilhão de litros, dos quais 99,74% possuíam o Selo Combustível Social, concedido com incentivo governamental para a obtenção de matérias-primas de pequenas propriedades.

O leilão teve dois estágios de licitação. Foram vendidos 1,136 bilhão de litros nos primeiros dois dias, todos com o Selo Combustível Social e 2,55 milhões de litros no dia seguinte.

Os leilões de biodiesel no Brasil são organizados para garantir que a exigência legal de pelo menos 11% de biodiesel no diesel vendido na bomba (B11) seja atendida. A 68ª licitação cobre a oferta doméstica de biocombustível de 1º de setembro a 31 de outubro de 2019, observou a ANP.

Voltar ao Topo