Notícias

Brasil dará aos trabalhadores até US $ 8 bilhões para estimular o crescimento

O presidente Jair Bolsonaro dará aos brasileiros acesso antecipado neste ano a até R $ 30 bilhões em recursos normalmente reservados para os desempregados, em um esforço para estimular a economia moribunda do país.

Uma medida anunciada quarta-feira pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, permitirá que trabalhadores brasileiros ocupem 500 reais do dinheiro atualmente reservado em contas criadas por lei pelos empregadores para trabalhadores que perderam seus empregos. Além disso, até 2020, cerca de 12 bilhões de reais serão liberados dos fundos, disse o Ministério da Economia.

Guedes refutou a preocupação de que os valores disponíveis para os trabalhadores não farão muita diferença ou que eles não usarão o dinheiro com sabedoria, dizendo que é uma medida de longo prazo e que os brasileiros saberão como usar melhor o dinheiro.

“Estamos dando aos cidadãos uma escolha”, disse ele durante uma cerimônia no palácio presidencial.

A economia do Brasil, que encolheu 0,2% no primeiro trimestre e pode ter contraído no segundo trimestre, vem lutando para se recuperar de sua pior recessão já registrada em 2015 e 2016.

Com o desemprego acima de 12% e pouco investimento do governo e das empresas, as medidas anunciadas nesta quarta-feira não deverão aumentar muito o crescimento neste ano, disse Jason Vieira, economista-chefe da Infinity Asset.

“É meio que uma causa perdida”, disse ele, acrescentando que isso pode pelo menos aumentar a confiança entre os consumidores. “O Brasil é como um carro com uma bateria descarregada e a administração está tentando dar um empurrãozinho.” 

Voltar ao Topo