Óleo e Gás

Brasil investiga derramamento de óleo em praias do nordeste

A Marinha do Brasil e a empresa petrolífera estatal Petroleo Brasileiro SA concluíram após investigar um derramamento de óleo na costa nordeste do país que não foi produzido no Brasil.

Em comunicado divulgado nesta quinta-feira, o Ibama, órgão ambiental do Brasil, investiga o vazamento em várias praias de alguns estados do nordeste desde 2 de setembro. 

Petrobras , como é conhecida a companhia estatal de petróleo, disse em um documento divulgado na quarta-feira que o óleo derramado não foi produzido no país, sem elaboração. Acrescentou que, no entanto, estava contribuindo para os esforços de limpeza das praias, com cerca de 100 funcionários da Petrobras ajudando a limpar o vazamento.

As praias dos estados do Rio Grande do Norte, Maranhão, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Sergipe foram afetadas. O nordeste do Brasil abriga algumas das praias mais bonitas do país, um dos principais destinos turísticos dos brasileiros.

Algumas tartarugas marinhas foram contaminadas pelo óleo. Eles foram resgatados vivos no estado do Rio Grande do Norte e enviados para centros de reabilitação. Outros animais foram encontrados mortos, disse a agência ambiental, sem revelar espécies ou números.

Voltar ao Topo