Mineração

Brasil perde sua participação no mercado global de minério de ferro

Dentro de um cenário alterado pelo desastre de Brumadinho, a participação do Brasil no mercado global de minério de ferro deverá cair de 25,2% para 24,2% até 2019, uma perda estimada em US $ 1,6 bilhão.

tragédia da barragem levou ao endurecimento dos regulamentos de segurança de barragens e a uma batalha legal contra a operação de várias minas.

Enquanto isso, a participação da Austrália deve aumentar de 54% para 56,7%.

De acordo com um relatório emitido pelo Departamento de Indústria, Inovação e Ciência da Austrália, os produtores de ambos os países mantêm altas margens devido às suas operações de grande escala e baixo custo.

“O mercado de minério de ferro deverá continuar a ser dominado pelos produtores de ‘Big 4’, com Rio Tinto, BHP, Vale e Fortescue Metals Group (FMG) respondendo por aproximadamente 72% do mercado transoceânico em 2024”, diz o relatório.

O crescimento do volume de exportação australiano deverá aumentar em média 1,5% ao ano, de 847 milhões de toneladas em 2018/19 para 874 milhões de toneladas em 2020/21. No Brasil, a taxa de crescimento deve ser de 0,7%.

Antes de Brumadhino, a taxa brasileira era de 1,5% e a taxa australiana de 0,3%

Voltar ao Topo