Offshore

BW Offshore atribui US $ 90 milhões para adquirir participação no campo offshore do Brasil

A BW Offshore disse que pretende implantar um de seus FPSOs existentes em campo como parte de um desenvolvimento em fases para reduzir o risco do projeto.

“Maromba atende a muitos dos critérios nos quais nossa estratégia de E & P é fundamentada; recursos comprovados, alto potencial de valorização, localizados em um país onde operamos atualmente, o desenvolvimento em fases e o uso de um dos nossos próprios FPSOs ”, disse Carl K. Arnet, CEO da BW Offshore.

“Vamos pagar aproximadamente US $ 1 por barril de recursos recuperáveis ​​em uma área que conhecemos bem e atualmente estamos avaliando várias opções de desenvolvimento dentro de nossa estratégia de desenvolvimento em fases que variam de US $ 3 a US $ 7 de custo de capital por barril recuperável mais leasing FPSO. A Maromba tem o potencial de criar valor significativo para os acionistas da BW Offshore ”, acrescentou Arnet.

O campo de Maromba está localizado próximo aos campos de petróleo de Peregrino, Papa Terra e Polvo, onde a BW Offshore atualmente tem ou já teve operações.

O preço de aquisição de US $ 90 milhões será pago em três etapas, conforme o desenvolvimento avança em direção ao primeiro petróleo.

Os restantes 30% de juros de campo estão pendentes de aprovação do conselho pela Chevron.

O fechamento da aquisição está sujeito ao cumprimento ou renúncia de condições precedentes, incluindo a aprovação pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para fechar a transação e considerar a BW Offshore uma operadora aprovada no Brasil.

Voltar ao Topo