Empregos

Caminhoneiros protestam contra o alto preço do diesel no maior porto da América Latina

Os caminhoneiros brasileiros protestam desde a madrugada de segunda-feira no maior porto da América Latina em Santos, exigindo uma redução do ICMS sobre gasolina e diesel, disse a administração do porto, acrescentando que não foram relatados bloqueios nas estradas. longe.

A medida ocorre antes que o governo do presidente Jair Bolsonaro envie ao Congresso um projeto de lei com o objetivo de alterar o ICMS, um imposto estadual, sobre gasolina e diesel, já que os recentes cortes de preços nas refinarias de petróleo pela empresa estatal Petrobras não haviam se refletido no bombas.

O ICMS é um imposto sobre vendas e serviços e aplica-se à movimentação de mercadorias, transporte, serviços de comunicação e outros suprimentos.

O preço do diesel é uma questão delicada para os caminhoneiros, cuja greve nacional em 2018 teve um enorme impacto na economia brasileira. Bolsonaro teve o apoio dos líderes dos caminhoneiros nas eleições presidenciais de 2018.

Até o momento, não havia relatos de possíveis impactos no fluxo de mercadorias, como a soja. Santos é o principal porto de exportação de soja, milho e açúcar brasileiro, entre outros produtos.

Voltar ao Topo