Energia

Carga de energia sobe em junho, mas cai ante maio com economia fraca e Copa, diz ONS

A carga de energia no sistema elétrico interligado do Brasil avançou 0,9 por cento em junho na comparação com o mesmo mês do ano passado, mas apresentou recuo de 0,4 por cento frente a maio, informou o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) em relatório nesta quinta-feira.

O órgão do setor elétrico disse que a carga, que representa a soma do consumo com as perdas na rede, foi impactada por uma atividade econômica fraca, pela alta de custos de produção da indústria após uma greve de caminhoneiros em maio e pelo comportamento diferenciado dos consumidores em dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo, quando a demanda cai.

Por outro lado, “fatores fortuitos, não econômicos, contribuíram positivamente com 0,9 por cento para a taxa de variação de carga” do sistema em junho, adicionou o ONS. Com isso, a carga ajustada, que exclui esses efeitos, teria fechado o mês com estabilidade, segundo a análise. (fonte).

Voltar ao Topo