Energia

Cemig brasileira contrata energia renovável a partir de 197 MW de capacidade do projeto

A empresa de energia brasileira A Companhia Energética de Minas Gerais SA (Cemig), quarta maior empresa de energia do país, contratou eletricidade solar e eólica de 196,98 MW de capacidade do projeto no leilão de energia realizado nesta sexta-feira .

A empresa estatal de Minas Gerais assinou contratos de compra de energia de 19 anos com os projetos de geração selecionados após realizar seu terceiro exercício de aquisição. Nenhuma informação foi fornecida sobre os preços finais.

Os projetos bem-sucedidos terão que começar a fornecer energia em 2023 e a eletricidade será comercializada pela Cemig no mercado brasileiro de eletricidade livre , mercado livre de eletricidade,  onde os fornecedores de energia negociam as condições de venda de eletricidade entre si ou diretamente com grandes consumidores de energia.

Durante seu primeiro leilão de compras de energia renovável, realizado em junho de 2018, a Cemig contratou a energia gerada a partir de 431 MW de capacidade de projetos solares e eólicos . No segundo, no início de outubro, a companhia contratou energia limpa de outros 152 MW de capacidade .

As rodadas de licitações foram introduzidas para substituir 2.908 MW de capacidade de geração que a Cemig perdeu no ano passado, quando foram renovadas as concessões em quatro usinas hidrelétricas brasileiras e perdeu para concorrentes internacionais como Engie, Enel e a estatal chinesa Power Power Corporation. As usinas hidrelétricas estão em São Simão (com 1,7 GW de capacidade de geração), Miranda (404 MW), Jaguara (424 MW) e Volta Grande (380 MW).

Voltar ao Topo