Notícias

Chevron desiste de comprar Anadarko Petroleum

Chevron desiste de comprar Anadarko Petroleum

Após uma oferta realizada pela Occidental Petroleum no valor de US$ 38 bilhões para a compra da Anadarko, a Chevron desistiu de entrar na disputa após oferecer US$ 33 bilhões. Com a desistência da segunda maior produtora de petróleo dos EUA, a Occidental Petroleum ficou isolada como única interessada na aquisição da companhia de exploração de hidrocarbonetos.

Em pronunciação sobre a desistência da empresa, o presidente-executivo da Chevron disse, “Vencer em qualquer ambiente não significa vencer a qualquer custo”, disse Michael Wirth. Além da diferença de US$ 5 bilhões, a Occidental Petroleum incluiu ainda uma parcela em dinheiro três vezes maior que a concorrente. “O custo e a disciplina de capital sempre importam, e não vamos diluir nossos retornos ou destruir valor para nossos acionistas para fazer um negócio”, acrescentou Wirth.

Chevron, com sede nos Estados Unidos, é uma das grandes empresas mundiais do ramo energético, especialmente petrolífero. É uma Supermajor, ou seja, uma das maiores empresas petrolíferas do mundo, integrando o chamado Big Oil – o lobby da energia -, que desfruta de grande poder econômico e influência política, particularmente nos Estados Unidos.

Vale ressaltar que a empresa desenvolve atividades que  incluem extração e transporte de petróleo e gás natural; refinação de petróleo; produção e venda de produtos químicos e geração de energia. A Chevron afirma que, após a fusão com a Unocal Corporation, tornou-se a maior produtora de energia geotérmica do mundo.

Já a Anadarko é uma empresa que atua na exploração de hidrocarbonetos. Ela é organizada em Delaware e tem sede em dois arranha-céus em The Woodlands, Texas: a Allison Tower e a Hackett Tower, ambas nomeadas em homenagem aos ex-CEOs da empresa.

Voltar ao Topo