Óleo e Gás

Chevron fecha a plataforma do Mar do Norte em meio a queda de energia

O maior do petróleo da Chevron foi forçado a suspender a produção em sua plataforma Alba Northern no Mar do Norte do Reino Unido devido a uma queda de energia.

Chevron North Sea confirmou a Offshore Energy Today na sexta-feira que recuperou parcialmente o poder e está trabalhando para restaurar o poder total em sua plataforma Alba Northern após uma queda de energia relacionada ao tempo.

O porta-voz da empresa disse que todos os serviços de assistência social a bordo da plataforma estão funcionando plenamente, incluindo Wi-Fi. A plataforma possui capacidade de gerador de back-up. Como medida de precaução, a produção foi fechada e protegida. Todo o pessoal a bordo é seguro e bom.

O porta-voz também acrescentou que há vôos programados de mudança de tripulação no sábado 3 de março, mas estes dependem das condições climáticas.

O campo de Alba operado por Chevron fica a cerca de 130 milhas a 210 km a nordeste de Aberdeen, na Escócia, no Mar do Norte Central do Reino Unido, em profundidades de água de aproximadamente 138 m (453 pés).

Descoberto em 1984, o primeiro óleo do campo foi alcançado em janeiro de 1994.

As instalações de campo incluem uma plataforma de aço fixo, a Alba Northern Platform e uma unidade de armazenamento flutuante (FSU), a primeira a ser construída especificamente para o setor britânico do Mar do Norte. O campo foi desenvolvido em 2001 através da adição do centro de produção subaquático Alba Extreme South.

O petróleo bruto Alba é descarregado da popa do FSU para um petroleiro aproximadamente uma vez por mês antes de ser transportado para refinarias no noroeste da Europa.

A Alba é operada pela Chevron North Sea (23,37 por cento) com Statoil (17 por cento), Mitsui E & P (13,3 por cento), Centrica Resources (12.65 por cento), Incerest Production (6.80 por cento), EQ Petroleum Sabah Limited (1.20 por cento) e Endeavor Energy (25,68 por cento) ocupando interesses operacionais não operados no campo.

Voltar ao Topo