Óleo e Gás

China abre setor de petróleo e gás para companhias estrangeiras

A China permitirá às companhias estrangeiras terem acesso à prospecção e à produção de gás e petróleo no país – uma “grande reforma”, segundo as autoridades, que busca abrir novos setores da economia ao capital privado.

A partir de 1º de maio, as companhias estrangeiras registradas na China com ativos líquidos de pelo menos 300 milhões de iuanes (US$ 43 milhões) poderão optar por direitos de exploração no setor de gás & petróleo, anunciou o Ministério chinês de Recursos Naturais nesta quinta-feira (9).

A medida também afeta as companhias privadas chinesas.

“A abertura, tanto para as companhias estrangeiras quanto para as locais, é uma grande reforma”, disse o vice-ministro de Recursos Naturais, Ling Yueming, em entrevista coletiva.

Até agora, as companhias internacionais podiam entrar neste setor apenas em parceria com companhias chinesas, muitas delas propriedade do Estado.

A decisão faz parte da vontade da China de abrir, para o setor privado, segmentos da economia até então dominados por empresas estatais.

O mercado de petróleo & gás na China é dominado por grandes companhias estatais como a China National Petroleum Company e a China Petrochemical Corp (Sinopec).

Hoje, o Ministério também anunciou que as concessões de exploração destes recursos terão validade de cinco anos, renováveis por mais cinco.

Voltar ao Topo