Energia

Complexo Copel de 180 MW no Brasil

Consultoria de energia sustentável K2 Management juntamente com a Cutia Empreendimentos Eolicos, uma subsidiária da brasileira Copel (BVMF CPLE6), encomendaram as turbinas finais do complexo de energia eólica Cutia de 180,6 MW.

A K2 Management supervisionou a instalação e o comissionamento de 86 aerogeradores com capacidade de 2,1 MW no local do projeto no Rio Grande do Norte. A Cutia, que produz energia a 90%, faz parte de um complexo eólico de 312,9 MW composto por 13 parques.

A geografia e a velocidade do vento do estado fizeram dele um centro local para o desenvolvimento eólico em terra, observou o K2. Segundo a Associação Nacional de Energia Eólica (Abeeolica), o Rio Grande do Norte é o maior produtor de energia eólica do país, com 4,07 GW entregue e 151 parques eólicos operacionais.

Voltar ao Topo