Energia

Conjunto eólico da Engie entra em operação comercial

Conjunto eólico da Engie entra em operação comercial

Na última semana a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) deu o aval para inicio das operações comerciais do Conjunto Eólico Umburanas, da Engie, localizado na Bahia.

O conjunto é composto por 18 parques eólicos e 144 aerogeradores, somando 360 MW de potência instalada. Segundo o diretor-presidente da Engie Brasil Energia, “A geração eólica é a fonte de energia que mais cresceu no Brasil nos últimos anos. A Engie, como líder no setor privado de energia, tem acompanhado essa tendência. Concluímos o Conjunto Umburanas em tempo recorde, mostrando a eficiência da empresa na implantação de seus empreendimentos“, disse Eduardo Sattamini.

Em 2017  foram iniciadas as obras do conjunto, tendo investimento total de R$ 1,8 bilhão. Em janeiro aconteceu a primeira operação comercial do parque, a partir disso todos os 18 parques eólicos foram colocados em operação comercial, um feito inédito para a companhia.

Junto com o Conjunto Eólico Campo Largo I (326,7 MW), Umburanas forma o maior cluster eólico já feito pela Engie no Brasil, com investimento total de R$ 3,5 bilhões. A empresa se prepara agora para iniciar a segunda fase do Conjunto Campo Largo, a partir do segundo semestre. Assim, a empresa vai agregar 360 MW de capacidade ao Sistema Interligado Nacional.

Voltar ao Topo