Energia

Copel contrata 128 MW de energia solar e eólica em leilão

O fornecedor de energia do Paraná comprará energia renovável sob um contrato de compra de energia de 15 anos. Os vencedores do leilão e os preços finais não foram revelados.

A empresa brasileira de energia Companhia Paranaense de Energia (Copel), que opera no estado do Paraná, diz que sua unidade da Copel Comercialização SA contratou 127,9 MW de energia solar e eólica após realizar um leilão de energia na semana passada.

A empresa disse que a energia será fornecida pelas usinas com uma capacidade total de geração de 444,3 MW e a eletricidade será comprada a um preço não especificado nos termos de um contrato de compra de energia de 15 anos. As usinas ofertadas terão que começar a fornecer energia à concessionária em janeiro de 2023. Não foram fornecidos detalhes sobre os vencedores do leilão e a proporção de energia solar e eólica garantida no exercício de compras.

“Com essa contratação, a empresa está ampliando o portfólio de produtos oferecidos a seus clientes, além de impulsionar a geração de energia a partir de fontes renováveis”, afirmou a Copel em uma atualização do mercado de ações.

A empresa possui e opera 19 usinas hidrelétricas, uma instalação térmica e uma turbina eólica com uma capacidade de geração combinada de cerca de 4,7 GW.

A concessionária brasileira Cemig, que opera principalmente no estado de Minas Gerais, na semana passada concluiu seu terceiro leilão de energia solar e eólica e contratou eletricidade de 196,98 MW de capacidade do projeto. Durante sua primeira compra de energia renovável, realizada em junho de 2018, a Cemig contratou energia de 431 MW de capacidade de projeto renovável . No segundo, no início de outubro, a concessionária adquiriu energia de mais 152 MW de capacidade .

Voltar ao Topo