Energia

Curiosidade: brasileiro produz energia a partir de um centavo de papel e tinta grafite

Um pesquisador brasileiro descobriu uma maneira de gerar energia suficiente para alimentar uma pequena árvore de Natal usando cerca de um centavo de papel e tinta de grafite, abrindo uma nova possibilidade de eletricidade sustentável e barata para as comunidades mais pobres.

Kelly Moreira, uma mestranda de 22 anos, mostrou sua invenção para a Reuters rolando tinta grossa de grafite preta sobre papel pardo e depois empilhando várias folhas.

As “baterias” improvisadas extraem energia do vapor de água no ar, alimentando lâmpadas de LED, explicou ela, estimando o custo dos materiais envolvidos em cerca de 0,05 reais (1,2 centavos).

“Quando começamos, recebíamos muito pouca energia”, disse Thiago Augusto, consultor de pesquisa de Moreira na Universidade Federal de Santa Maria, no sul do Rio Grande do Sul.

“Hoje, com o desenvolvimento da pesquisa de Kelly em seus mestres, conseguimos energia suficiente para alimentar 50 ou 60 lâmpadas de LED a cada dez segundos. É uma quantidade considerável de energia livre e proveniente do meio ambiente. ”

A tecnologia ainda está em desenvolvimento inicial, mas Moreira disse esperar que possa eventualmente ser usada em residências, especialmente em comunidades mais pobres que possam se beneficiar do baixo custo.

“Não acreditamos que isso substitua outras fontes de energia, mas no mundo de hoje, fontes de energia adicionais que são sustentáveis ​​e renováveis ​​são sempre bem-vindas”, afirmou Moreira.

Voltar ao Topo