Mineração

Desenvolvedor brasileira de níquel assina contrato de royalties de US $ 25 milhões com a Orion

A Horizonte Minerals (TSX: HZM), que está desenvolvendo o projeto de ferro-níquel de Araguaia no Brasil, anunciou hoje que assinou um contrato de royalties de US $ 25 milhões com a Orion Mine Finance.

Jeremy Martin, diretor executivo de Horizonte, disse que os fundos serão usados ​​para avançar no Araguaia. Em troca, a Orion receberá royalties de 2,25% no projeto Araguaia. O royalty se aplica apenas às primeiras 426.429 toneladas de níquel contido produzidas e vendidas.

“Estamos extremamente satisfeitos por garantir este contrato de royalties com a Orion, que nos permite construir a equipe de nossos proprietários, avançar com engenharia e pacotes de obras precoces, enquanto prosseguimos para o início da construção completa em Araguaia”, disse Martin. “O níquel tem um excelente desempenho este ano, negociando atualmente quase 50% a mais do que no início de 2019. A preços atuais de níquel de US $ 15.500 / t, o estágio 1 do estudo de viabilidade do Araguaia retorna um VPL de mais de US $ 580 milhões”.

Horizonte observou que a Orion é um dos maiores grupos financeiros de mineração, com aproximadamente US $ 5,1 bilhões sob gestão e distribuiu aproximadamente US $ 1,5 bilhão em royalties, fluxos, dívidas e patrimônio nos últimos 3 anos.

Voltar ao Topo