Energia

Empresas da China e do Brasil operam no setor de energia do Rio Grande do Sul

A empresa brasileira Electrosul e as empresas chinesas Shanghai Electric e Zhejiang Energy, na segunda-feira em Porto Alegre, montaram uma empresa que irá construir e operar as linhas de transmissão de energia no estado brasileiro do Rio Grande do Sul.

A Shanghai Electric detém 44% do capital da nova empresa denominada SZE Transmissora de Energia Elétrica SA, enquanto a Zhejiang Energy terá 28,5% e a Eletrosul 27,5%, segundo o jornal Folha de São Paulo.

As instalações de transmissão a serem construídas no Estado do Rio Grande do Sul incluem linhas e subestações destinadas a canalizar a produção de futuros parques eólicos na região.

A SZE Transmissora de Energia Elétrica SA deverá construir cerca de 2.000 quilômetros de linhas de transmissão de energia no estado brasileiro.

A obra, que deve ser concluída até 2020, aumentará a capacidade de distribuição de energia do Estado do Rio Grande do Sul em 4.800 megawatts.

As linhas passarão por 59 municípios e beneficiarão regiões como Campanha, Centro-Oeste, Zona Sul e Região Metropolitana e deverão criar 11 mil empregos.

Este é um investimento estimado em 4 bilhões de reais e fornecerá energia eólica para 1,2 milhão de pessoas. (macauhub)

Voltar ao Topo