Empregos

Enel vai vender 540MW de energia renovável no Brasil por 700 milhões de euros

A empresa italiana de energia A subsidiária Enel Green Power Brasil Participações (EGP Brasil) assinou acordos para vender 540MW em capacidade renovável no Brasil para a empresa chinesa CGN Energy por 700 milhões de euros.

O portfólio de energia renovável vendida pela Enel inclui três plantas totalmente operacionais, compreendendo da central solar 292MW Nova Olinda, localizada no estado norte-leste brasileiro do Piauí ea instalação solar de 158MW Lapa, situado no estado brasileiro nordeste da Bahia, ao longo com o parque eólico de 90MW Cristalândia.

As três fábricas são apoiadas por contratos de compra de energia (PPAs) de longo prazo. A Lapa e a Nova Olinda são suportadas por contratos de 20 anos, segundo os quais os volumes específicos de energia gerados pelas usinas são vendidos para a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). Cristalândia é apoiada por PPAs de 20 anos com um pool de empresas brasileiras de distribuição de eletricidade.

O chefe da Enel Green Power, Antonio Cammisecra, disse: “Com a venda desses ativos, estamos capturando valor para um maior crescimento no Brasil, onde estamos implementando um grande pipeline de projetos renováveis.

“Continuamos focados nas oportunidades oferecidas pelo mercado brasileiro de renováveis ​​e continuamos a investir no país, onde a Enel Green Power terá um papel ativo, realizando novos projetos e gerenciando a frota de unidades operacionais.”

Localizada no município de Ribeira do Piauí, a Nova Olinda é composta por cerca de 930 mil painéis solares em uma área de 690 hectares. A fazenda solar pode gerar mais de 600GWh por ano.

A instalação da Lapa é composta por cerca de 500.000 painéis solares e pode gerar cerca de 340GWh por ano.

Espera-se que a transação seja fechada até o final do primeiro trimestre deste ano, dependendo das condições habituais de fechamento e aprovação regulamentar das autoridades brasileiras.

No início deste mês, a Enel começou a construção do parque eólico de 450MW High Lonesome nos condados de Upton e Crockett, Texas. Uma vez concluída, uma parcela de energia de 295MW do parque eólico será protegida por meio de um Proxy Revenue Swap (PRS), uma estratégia de gerenciamento de risco destinada a minimizar os riscos relacionados a preço e ao clima.

Voltar ao Topo