Energia

Engie assina contrato para vender 30 MW vento PPA para operadora Claro

A Engie Brasil Energia SA (BVMF: EGIE3) anunciou na segunda-feira que assinou um contrato para vender 30 MW de energia eólica para a operadora de telefonia local Grupo Claro.

O novo acordo de compra de energia (PPA) possibilita que a unidade brasileira de energia da francesa Engie SA (EPA: ENGI) construa a segunda fase do Complexo Eólico Campo Largo, com capacidade de 360 ​​MW e investimento estimado em R $ 1,7 bilhão. 441,2 m / EUR 389,1 m).

Localizado nos municípios baianos de Umburanas e Sento Se, o complexo eólico tem um potencial total de 686,7 MW, com a primeira fase de 326,7 MW prevista para ser totalmente concluída até o final do ano.

O PPA faz parte do Programa Claro Energia, lançado em dezembro de 2017, que tem como foco a Geração Distribuída (DG) e a adoção de ações de proteção ambiental em todas as operações e instalações da empresa no Brasil. A telecom estima que seu programa pode ajudar a compensar mais de 100.000 toneladas métricas de emissões de dióxido de carbono (CO2) por ano.

No geral, a Engie assinou mais de 60 contratos este ano, o que permitiu a construção da segunda fase de Campo Largo, observou a empresa.

Voltar ao Topo