Óleo e Gás

Equinor assegura extensões operacionais para dois campos

A Equinor garantiu aprovações regulatórias para prolongar a vida útil dos campos de Tordis e Vigdis localizados na parte norueguesa do Mar do Norte.

A empresa recebeu a luz verde da Diretiva Norueguesa de Petróleo (NPD) para usar as instalações nos dois campos além da vida útil aprovada.

O consentimento original para operações no campo de Tordis expiraria em dezembro de 2019. Agora foi prorrogado para 31 de dezembro de 2036. O consentimento para usar as instalações em Vigdis foi estendido de março de 2024 a 31 de dezembro de 2040.

Ambas as permissões estendidas aumentam a vida útil dos dois campos do Mar do Norte em um total combinado de 34 anos.

O diretor assistente de desenvolvimento e operações do NPD Norte do Mar do Norte, Arvid Østhus, disse: “A utilização das instalações em Tordis e Vigdis além da vida útil original contribuirá para aumentar a criação de valor na plataforma norueguesa, e isso é uma boa gestão de recursos.”

O Equinor é o operador dos dois campos. Os campos Tordis e Vigdis estão situados na licença de produção 089 na área de Tampen.

A Tordis, que iniciou a produção em 1994, foi desenvolvida com um coletor submarino central ligado às instalações de Gullfaks C localizadas nas proximidades. Em 2007, uma bomba multifásica submarina foi instalada para aumentar a produção no campo.

Vigdis apresenta sete modelos submarinos e dois poços de satélite ligados às instalações de Snorre A. Começou a produção em 1997. Uma bomba multifásica submarina está programada para ser implantada em campo em 2020.

Voltar ao Topo