Óleo e Gás

Equinor assina acordo de US $ 325 milhões para vender ativos da Eagle Ford para a Repsol

A empresa norueguesa Equinor ASA assinou um acordo para alienar sua participação de 63% e operação de seus negócios onshore no Eagle Ford à empresa espanhola de petróleo e gás Repsol SA por US $ 325MM, anunciou a empresa na quinta-feira.

A transação inclui todos os interesses da Equinor na joint venture Eagle Ford com a Repsol, cobrindo 69.000 acres líquidos. A Repsol terá 100% de participação no ativo, após o fechamento.

“Essa transação apóia a estratégia da Equinor de otimizar nosso portfólio onshore nos EUA, aumentando nossa flexibilidade financeira e concentrando nosso capital em nossas atividades principais no país”, afirmou Torgrim Reitan, vice-presidente executivo de Desenvolvimento e Produção Internacional da Equinor, em comunicado da empresa.

“Os EUA são uma área central da Equinor, demonstrada por aquisições recentes, incluindo ativos no Golfo do México, área terrestre no Austin Chalk e o projeto Empire Wind no mar de Nova York”, acrescentou.

A Bloomberg informou em março que a Equinor estava considerando a venda de suas operações no Eagle Ford, enquanto se concentrava em outros projetos estaduais.

A Equinor, que anteriormente era a Statoil ASA, entrou no ativo da Eagle Ford em 2010 por meio de uma aquisição conjunta com a Talisman Energy USA (agora de propriedade da Repsol). Em 2015, a Equinor aumentou sua participação no ativo conjunto de 50% para 63% e assumiu a plena operação.

A venda de ativos da Eagle Ford terá uma data efetiva de 1º de outubro de 2019.

Voltar ao Topo